Esta página web utiliza cookies. Ao continuar a navegar, está a aceitar a utilização de cookies.
Site Oficial
Free Wi-Fi
A minha reserva
Reservar
Melhor preço garantido
Reserve
+
Data
quartos
Adultos:
Crianças:
2 quartos
* menores de 12 anos
+ Adicionar quartos
Código de promoção
Data de reserva
Adultos
Crianças*
Quarto 1
x
Adicionar quarto
Barcelos
Hotel do Terço
Barcelos
Descubra a beleza da vila mais antigua de Portugal.
Festa das Cruzes
Se o que busca é entretenimento, Barcelos celebra a mais famosa das festas minhotas entre os meses de avril e maio: a Festa das Cruzes. A cidade revela um grande colorido e animação durante cinco intensos dias nos que a religiosidade e o entretenimento estão perfeitamente harmonizados.

A origem desta festa remonta ao início do século XVI, quando un sapateiro voltava da missa e, ao passar no campo da Feira, viu uma cruz de cor preta na terra. Este facto achou-se um sinal sagrado e fez nascer a devoção ao Senhor da Cruz.

A festa tinha um cariz principalmente religioso até o século XIX, mas apartir do século XX adicionaram-se elementos populares e lúdicos. Ainda assim, a Festa das Cruzes mantem hoje em dia grande importância a nível económico, cultural, social e histórico que fazem com que faça parte da identidade da vila.
Feira de Barcelos
E se gosta de feiras, o Campo da Feira acolhe todas as quintas-feiras um dos maiores mercados do norte de Portugal onde há de tudo: hortaliças, roupa de casa, ferrarias, loiças, ourivesaria, assim como uma grande amostra do artesanato da vila.

Esta feira foi iniciada no século XV pelo rei D. João, que autorizou a celebração de uma feira anual em Barcelos.

A feira de Barcelos é uma das principais forças motrices que impulsionam a vida e o comércio do concelho pela sua grande oferta e diversidade, assim como pela qualidade e o frescor dos produtos.
Un passeio por Barcelos
Em 1298, o rei D. Dinis ofereceu esta vila ao primeiro conde de Barcelos. Se atravessar o rio Cádavo pela ponte gótica, logo vai conseguir ver o núcleo medieval da cidade: as ruínas do antigo palácio dos condes, junto com a igreja matriz, o Pelourinho ou o Terreiro do Paço (cenário de um interessante museu arqueológico ao ar livre).

No seu passeio pela vila, podera encontrar o Cruzeiro do Senhor do Galo que conta, num baixo-relevo, a lenda do célebre galo de Barcelos.

Se continuar o seu percorrido pelo solar dos Pinheiros, vai encontrar O Barbadão, um velho de grandes barbas que protesta vingança contra um cavaleiro do paço dos duques que lhe desonrou a filha.

Também pode dar um agradável passeio nos jardims de estilo barroco e visitar a igreja do Senhor Bom Jesus da Cruz. Este é um templo elegante, cuja façada mistura a escura pedra do granito com o branco da cal.

Das antigas muralhas da vila somente resta uma torre de menagem, onde se encontra o posto de turismo da vila.